Quem já não fez essa pergunta antes? Pois é, muitos já se perguntaram qual a finalidade fazer uma consulta ao oráculo!

A prática oracular vem desde os tempos mais remotos. As antigas civilizações consultavam o oráculo a fim de obter respostas diversas, desde os acontecimentos mais atuais até àqueles que poderão ser vividos no futuro.

E o que significa a palavra oráculo? Na classe gramatical, oráculo é um substantivo masculino. Palavra de definição etimológica, que vem do latim oraculum, oráculo é, portanto, uma forma de expressar uma resposta e/ou mensagem oriunda da divindade, ou seja, da entidade que faz previsões acerca de situações, fatos e eventos que irão acontecer. Geralmente são utilizados, na arte divinatória, elementos que favorecem a transmissão das previsões tais como tarô, búzios, runas, dentre outros.

Quando no dia a dia utilizamos o aparelho celular ou computador para acessarmos os noticiários, ou mesmo para transmitirmos alguma informação do que poderá ser planejado e/ou realizado acerca dos acontecimentos vindouros, estamos compartilhando mensagens, palavras, orientações. Nesse sentido, pode-se mesmo admitir que o uso dos referidos aparelhos de comunicação funciona como um elo entre duas ou mais pessoas, cujo objetivo é, dentre outras coisas, esclarecer fatos do passado, presente ou planejar o futuro. Portanto, ambos os envolvidos nesse procedimento estão possivelmente realizando um processo de transmissão de mensagens oraculares. Observa-se ainda que algumas pessoas tem o hábito de abrir a Bíblia Sagrada em busca de uma mensagem que traga o esclarecimento sobre algo, ou até mesmo uma resposta acerca de uma pergunta. Nesse sentido, a Bíblia passa a funcionar também como um oráculo, e a pessoa que mentalizou essa sincronicidade entre a questão e a resposta torna-se consciente dos esclarecimentos realizados. Logo, os exemplos citados configuram o que chamamos de consulta oracular.

E consultar um oráculo funciona mesmo? Será que o cartomante é assertivo?

As respostas provenientes do oráculo deverão ser interpretadas de forma imparcial. A pessoa iniciada no ato de revelar os acontecimentos, através dos oráculos, não pode se deixar levar pelo ‘achismo’, mas precisará interpretar os fatos, tais como eles chegam ao ouvinte, em sincronia com as combinações, símbolos e códigos. Esta é a essência do oráculo; ou seja, qualificar as informações, de modo que suas mensagens e interpretações possam ser compreendidas e compartilhadas de forma reveladora, refletindo, por esse meio, a sabedoria do autoconhecimento oracular.

É possível que, ao consultar um oráculo, as questões que estiverem bloqueando/dificultando a vida de uma pessoa possam ser liberadas, emergindo até a superfície do conhecimento; tal fato decorre da sabedoria oracular, que possui a capacidade de trazer para a consciência os padrões e desejos mais contidos e que complicam a harmonia da vida. Ademais, tais questões tendem a ser desbloqueadas quando o oráculo, na qualidade de espelho da alma, interage com a consciência dos fatos, promovendo ao indivíduo a possibilidade de mudar padrões e comportamentos de forma condizente com os seus objetivos e desejos conscientes.

Por tudo isso, acredita-se que consultar um oráculo é favorável quando estamos despojados de preconceitos e padrões errôneos e, portanto, abertos ao desejo de mudança e de evolução do próprio ‘eu consciente’. Mais do que uma simples curiosidade, o indivíduo que decidir procurar um oráculo precisará tomar consciência que as informações reveladas necessitarão ser trabalhadas e refletidas a partir do que se tornou consciente, e que estavam submersas.

Abre-se, por meio do oráculo, um portal revelador e com potencialidades incríveis de tornar o ser humano apto a tomar as rédeas do que de fato te conduz no processo da evolução da vida, sabendo-se que o movimento revela continuamente mais e novos aprendizados.

 

JOSÉ ROBERVAL

Tarólogo-Numerólogo-

Zelador do Oráculo de Ifá

REFERÊNCIAS

 

SIGNIFICADOS. O que é oráculo. Disponível em: http://www.significados.com.br/oraculo/. Acesso em: 29/10/2015.

CONCEITO.DE. Conceito de oráculo. Disponível em: http://conceito.de/oraculo. Acesso em: 29/10/2015.